Viseu

Padre Ramiro Loureiro da Cruz, missionário Comboniano, vai hoje a sepultar em Viseu

O padre Ramiro Loureiro da Cruz, um dos pioneiros missionários combonianos portugueses, faleceu no último sábado, aos 89 anos, de acordo com informações divulgadas pelos Missionários Combonianos.

O funeral do padre Ramiro Cruz está agendado para o dia 2 de janeiro, às 15h00, na capela do Seminário das Missões de Viseu. A cerimônia será presidida por D. António Luciano, bispo da diocese.

“Damos graças a Deus pela vocação missionária do padre Ramiro, um dos primeiros Combonianos portugueses, e pela alegria e entusiasmo com que viveu a sua missão ao serviço dos mais pobres segundo o carisma de São Daniel Comboni”, expressa a nota enviada à Agência ECCLESIA.

Natural de Viseu, o padre Ramiro Loureiro da Cruz nasceu em Rio da Loba a 29 de dezembro de 1934. Após estudar no seminário de Viseu, ingressou no Instituto dos Missionários Combonianos.

Ordenado padre em 14 de março de 1959, dedicou os primeiros anos de sacerdócio à animação missionária. Com o crescimento dos combonianos portugueses, tornou-se o primeiro responsável da circunscrição portuguesa, permanecendo no país até 1975, quando foi destinado ao Brasil, trabalhando na pastoral, incluindo a pastoral indígena.

No período de 1981 a 1986, desempenhou funções na formação de candidatos a irmãos missionários combonianos, primeiro em Aveiro e, posteriormente, regressando à missão na América Latina. Atuou como formador no Centro Internacional de Formação de Irmãos, em Bogotá, Colômbia, e mais tarde como diretor espiritual no seminário menor do Vicariato Apostólico de Esmeraldas, no Equador.

Em 2000, regressou a Portugal e, dois anos depois, partiu como missionário para Moçambique, onde colaborou na formação de seminaristas durante 12 anos. Em 2012, regressou a Portugal.

Após o funeral, o corpo do padre Ramiro Loureiro da Cruz será sepultado na campa dos Combonianos, no Cemitério Novo, na cidade de Viseu.

Se precisa de uma empresa de SEO para posicionar melhor o seu site? Contacte a Livetech

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *